Trechos de "O bichano experimental" (Editora Patuá)


A) Primeira peça de divulgação: Stella Maris Rezende fala do livro.



B) A segunda peça de divulgação: Marco Túlio Costa fala do livro




C) A terceira peça de divulgação: Alexandre Marino fala do livro.


D) A quarta peça de divulgação: Suzana Vargas fala do livro.



E) A quinta peça de divulgação: Patrícia Brandão Lemos fala do livro:


F) A sexta peça de divulgação: Hélio Aroeira fala do livro:




1) Trecho da orelha escrita por Sérgio Fantini


2) Trecho de "Duas palavras antes de tudo", texto que precede as crônicas propriamente ditas. Tudo isso estou falando de "O bichano experimental", que será lançado em 13/12, no Espaço Oito e Meio. Uma edição da Patuá.

3) Trecho do conto que dá título ao livro.




4) Trecho de Coisas da prima, crônica inspirada nas histórias que minha prima Rita contava.



5) Decisões de um fim de domingo fala dos planos que fiz numa noite entendiada, mas sem televisão



6) Em "Da noite para o dia" conto a história do sujeito que envelheceu de uma hora para outra. Acreditem em mim, aconteceu.



7) Baden Powell foi uma das heranças miúdas deixadas por meu tio Hélio. Conto tudo lá crônica.



8) "Não quero ser turista" conta da viagem que eu, minha família e alguns amigos fizemos a Buenos Aires.



9) Era para ser uma crônica sobre vários amigos, mas um deles tomou conta de tudo. Depois, para o final da crônica, consegui falar de outro, outro igualmente surpreendente.



10) Já fui muitas coisas nesta vida...



11) Arranjos fresquinhos para uma velha cantiga pornográfica e outra antipatriótica é a crônica mais antiga da coletânea e ressoa tempos sombrios, quando nada podia ser dito às claras. Quero isso de volta não.

12) Crônica escrita no auge dos livros para colorir.



13) Lição de surrealismo.

14) Acabaram com os trens, mas não com as viagens de trem por esse Brasil que parece não ter jeito.



Postar um comentário